medicamentos

Consumidor tem interesse por programas de fidelidade, mas não participa deles

 

 

Interessante, mas não, obrigado. De acordo com a Pesquisa Opinião dos Consumidores sobre Programas de Fidelidade, 68% dos 1.250 consumidores entrevistados têm interesse em participar de algum programa de fidelidade, mas ainda não participam de nenhum.

 

 

O estudo realizado pela Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar) também concluiu que 92% das pessoas gostariam ou gostam de participar de um programa de fidelidade , uma vez que acreditam que a modalidade pode oferecer grandes vantagens.

 

 

Supermercados e farmácias são as categorias de maior interesse do consumidor , com saldos respectivos de 67% e 56%. Mais adiante no ranking, em terceiro lugar, veio os grandes magazines com 23%, restaurantes e companhias aéreas, 17% e 15%, nesta ordem.

 

 

“É interessante observar como os programas de fidelidade, que antes eram relacionados a produtos de maior poder aquisitivo, agora encontram aceitação de um público mais amplo, tendo grande relevância em estabelecimentos que até então não se preocupavam com esse tipo de ação, como supermercado e farmácias. O reflexo é que observamos um crescimento muito grande no oferecimento desse tipo de ação de fidelização e quem ganha é o consumidor que usufrui de benefícios”, diz o porta-voz do Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Continuada (IFEPEC).

 

 

 

Categorias

 

 

 

A IFEPEC também apurou a existência de, basicamente, cinco tipos de programas de fidelidade:

 

 

De coalisão, administradores de variadas plataformas baseadas em pontos obtidos nas compras em rede credenciada;

 

De fidelidade baseado em descontos diretos;

 

De fidelidade baseado em gratificação surpresa e bonificação de produtos/serviços;

 

De fidelidade baseado em grupos de alto potencial de consumo dos produtos ou serviços;

 

De fidelidade baseado em benefícios diversos ou dinheiro de volta.

 

 

 

Para compor a pesquisa de programa de fidelidade, a Febrafar realizou as entrevistas pessoais, via web ou por telefone nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Campo Grande, Goiânia, Vitória, Salvador, Recife, Fortaleza, Distrito Federal e Cuiabá, em uma parceria com o Instituto Axxus e a Unicamp.

 

 

 

Fonte: Economia – iG @ http://economia.ig.com.br/2017-09-28/programa-fidelidade.html